Visitas a alambiques e cervejarias

O que fazer em uma visita a um empreendimento de produção de cachaça de alambique ou em uma cervejaria artesanal? Degustar essas bebidas, naturalmente faz parte. Mas esse é apenas um dos itens. As oportunidades vão muito além do prazer de perceber e sentir o sabor peculiar de cada “terroir”.

Trata-se de vivenciar um empreendimento, cujos produtos são espirituosos, e interagir com o meio ambiente. Isso envolve: qualidade ambiental, qualidade de vida, cultura, arte, alquimia, conhecimento, história, poesia, entretenimento, lazer, diversão, ciência, tecnologias, conectividades interpessoais e interinstitucionais.

A caminhada guiada pelas dependências internas e externas do empreendimento vai fornecendo, em doses, detalhes de todas essas variáveis, que vão sendo captadas conforme interesses, percepções e sensibilidade de cada visitante, o que motiva perguntas, interações e trocas de ideias. E é aí que tudo fica mais divertido, produtivo e gratificante. O compartilhamento das dúvidas, percepções e inquietações proporciona rodas de prosas divertidas e agradáveis.

O passeio pelas dependências externas pode incluir a observação de pássaros e das paisagens, o reconhecimento de plantas, o cultivo da cana de açúcar, no caso da cachaça, outras atividades agropecuárias, tratamento de resíduos e contato com serviços ecossistêmicos, como: ar puro e coleções hídricas com águas límpidas.

Nas dependências internas, as técnicas de beneficiamento da matéria prima (cana ou cevada), as alquimias e técnicas que envolvem a fermentação, a destilação (cachaça), o envase, a rotulação, a destinação de resíduos e o armazenamento e/ou envelhecimento das bebidas.

Você já sistematizou e relatou as sensações e impressões que teve durante sua última visita a um alambique ou cervejaria artesanal?

Deixe seu comentário

Horário Comercial

08:00 – 18:00
Segunda a Sexta

Endereço

Av Afonso Pena, 4000 - 3º andar, Belo Horizonte - MG

Roda de Ideias © 2021.